quarta-feira, 13 de março de 2019

Dupla abre fogo contra alunos e pelo menos 10 morrem em escola de SP

Dupla abre fogo contra alunos e pelo menos 10 morrem em escola de SP
THAIZA PAULUZE E DHIEGO MAIA - SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos dez pessoas morreram em um ataque a tiros em uma escola estadual de Suzano, na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (13).

Segundo a Polícia Militar, cinco alunos e um funcionário foram mortos no atentado e outras duas pessoas morreram após serem levadas ao hospital. Os dois atiradores se mataram.

Os disparos foram feitos por volta das 9h30, quando dois homens encapuzados, que aparentam ter entre 20 e 25 anos e ainda não tiveram a identidade divulgada, atiraram contra os alunos e, em seguida, se mataram na escola Professor Raul Brasil, próxima ao centro da cidade.
Estudantes se abraçam após ataque a escola de Suzano — Foto: Maiara Barbosa/G1
Há ao menos outras nove pessoas feridas, duas em estado grave, de acordo com o Corpo de Bombeiros.Segundo o coronel Marcelo Salles, comandante da Polícia Militar, os atiradores também dispararam em um proprietário de um lava-jato próximo à escola antes de entrar lá -ele está sendo operado num hospital da região. A dupla levava um revólver calibre 38, uma besta e artefatos explosivos.

A escola oferece ensino fundamental e médio e um centro de estudos de língua, para estudantes de 11 a 18 anos. Mas, no momento do ataque, havia apenas adolescentes do ensino médio e estudantes de línguas.

A reportagem conversou com Juliano Simões de Santana, vizinho da Raul Brasil. O morador disse que ouviu os disparos próximo ao intervalo das aulas do período matutino.

"Moro ao lado, ouvi um tumulto e fui para lá. Cheguei e vi várias crianças saindo correndo ensanguentadas. Um desespero, professor, funcionário, todos correndo", afirmou.

Pouco depois de participar de coletiva de imprensa sobre as enchentes no estado, o governador João Doria (PSDB) cancelou sua agenda para o resto do dia e decidiu ir para Suzano para acompanhar de perto o ocorrido.

"Estou muito impactado com o que eu vi aqui nesta escola, é uma cena muito triste. A mais triste que vi em toda minha vida. São adolescentes que foram brutalmente assassinados. Aos pais de vítimas e aos feridos, nossa solidariedade", afirmou o governador, que pediu à secretaria de Saúde garantia de apoio psicológico aos atingidos.

Além do comandante da PM, o general João Camilo de Campos, secretário de Segurança Pública, e Rossieli Soares, secretário de Educação, acompanham o governador no local.

Foram acionadas seis unidades de resgate dos Corpo de Bombeiros, três do Samu, dois de suporte avançado e dois helicópteros águia. A PM também enviou uma equipe do Gate para apurar os artefatos parecidos com bombas.

A polícia isolou a rua que dá acesso à escola. Só a perícia e carros de resgate passam no local. Um gabinete de crise será montado na quadra da instituição de ensino para concentrar as informações sobre o ataque.

OUTROS CASOS

Já houve no país ao menos outros sete casos similares ao de Suzano com atiradores (alunos ou não) dentro de escolas abrindo fogo contra estudantes e outras pessoas.

Em Salvador, um jovem de 17 anos matou duas colegas dentro da sala do colégio particular Sigma e foi preso em flagrante. À época, em 2002, a delegada encarregada do caso afirmou que o revólver calibre.38 utilizado pelo garoto pertencia ao pai, que era perito policial.


Em janeiro de 2003, em Taiúva (a 363 km de São Paulo), Edmar Aparecido Freitas, 18, ex-aluno da escola estadual Coronel Benedito Ortiz, invadiu o pátio da instituição, atirou em alunos, professores e funcionários e depois se matou.

Em abril de 2011, em Realengo (zona oeste do Rio), doze adolescentes -dez meninas e dois meninos- morreram no massacre da escola municipal Tasso da Silveira. Eles foram vítimas de Wellington Menezes de Oliveira, 23, que atirou contra as vítimas na sala de aula.

No mesmo mês, um adolescente de 14 anos que se disse vítima de bullying matou um colega com golpes de faca no interior do Piauí. O caso ocorreu na zona rural da cidade de Corrente, no extremo sul do Estado.

Também em 2011, mas em setembro, um aluno de 10 anos de idade que estava no 4º ano atirou na professora Rosileide Queiros de Oliveira, 38, e depois se matou na escola Professora Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul (Grande São Paulo).

Em abril de 2012, um adolescente de 16 anos atirou em outras três alunas de escola estadual de Santa Rita (região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba). O objetivo do rapaz era acertar um menino de 15 anos com quem havia discutido duas vezes.

O último caso foi em outubro de 2017, quando um adolescente de 14 anos matou dois colegas e feriu outros quatro, em Goiânia. O jovem utilizou uma pistola .40 da mãe, que assim como o pai é policial militar. Segundo a Polícia Civil, na época, o adolescente foi motivado por bullying.

44 comentários:

  1. Deus tenha misericórdia da familia

    ResponderExcluir
  2. Muitos sem noção vão dizer que é culpa de Bolsonaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é ele que gosta de "brincar" com armas, seu come merda

      Excluir
    2. Mais é verdade...#aculpaedebolsonaro

      Excluir
    3. Você das 12:20 é desrespeitador cara, o Brasil é o país que mais mata há anos , são 64 mil assassinatos por ano e é Bolsonaro culpado cara, tenha lucidez

      Excluir
    4. Quem brinca com armas são os bandidos... Bolsonaro só quer que nos defendemos.
      Se essa escola tivesse um segurança armado seria outra história.

      Excluir
    5. E disso q eu tou falando meu presidente kkkkk vai ter mais isso é so o começo , obrigado bolsonaro por tudo isso .

      Excluir
  3. É qurpa quem não tem fé em Deus

    ResponderExcluir
  4. Nos colegios municipais Acho que deveria ter o apoio dos guardinha municipais que estão se achando polícia nas ruas e né Colégio estaduais o apoio da pm com Isso não aconteceria isso nos Colégio

    ResponderExcluir
  5. com certeza,a grande mídia e seguidores, já estão maquinando uma forma em ligar essas mortes ao presidente Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  6. será o estado islamismo dando resposta a nosso presidente pelo apoio aos Estados Unidos

    ResponderExcluir
  7. será o estado islamismo dando resposta a nosso presidente pelo apoio aos Estados Unidos

    ResponderExcluir
  8. PRONTO AGORA TODA IMPRENSA ESQUECE O FLAMENGO. POR QUE SÓ FALAVAM NA TRAGEDIA QUE HOUVE NO NINHO DO URUBU

    ResponderExcluir
  9. Não é culpa de bolsonaro não, ele é contra a liberacao de armas!
    Nunca ameacou ninguem com pedestal na mao.
    Ele e a favor de universidades gratuitas e de programas educacionais e inclusao social.
    A nossa sorte é que ele nunca ira liberar armas para a populacao despreparada.
    kkkkk
    otario!
    Moro afastou o delegado que prendeu os assassinos de marielle. O delegado sabe demais, soube ate ate o filho de 20 anos de bolsonaro namora e frequenta a casa do assassino.
    O condominio ate que é bom, mas a vizinhanca que nao presta!
    kkkkk, bala, lama e dinheiro para a lava jato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pronto falou quem sabe tudo de investigação criminal,só ñ descobriu ainda quem mandou matar Celso Daniel,Toninho do Pt,o atentado contra Bolsonada,Eduardo Campos,Teori Zavarski e etc.kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Pronto falou quem sabe tudo de investigação criminal,só ñ descobriu ainda quem mandou matar Celso Daniel,Toninho do Pt,o atentado contra Bolsonada,Eduardo Campos,Teori Zavarski e etc.kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Animal Petista

      Excluir
    4. Deixa de ser doente, petista de merda.

      Excluir
  10. ainda querem liberar as armas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né véi, pense numa chacina de bandido, ôoo lindeza

      Excluir
    2. Cadê bolsonaro agora kkkkk se fosse hadad q ganhasse a eleição o Brasil agora ia parar kkkkk os babacas todos falando bolsonaro neles olha ai o Presidente do povo tá aí fala agora bolsonaro neles kkkkk

      Excluir
  11. viva a era bolsonaro!! dai pra frente só miséria nesse país!

    ResponderExcluir
  12. Faz arminha com a mão faz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKK agora eu quero ver fazer....faz indiotas faz eu quero e ver esses gestos nas ruas.

      Excluir
    2. 👉🏼👉🏼

      Excluir
  13. Um dos lixos que atiraram era vindo da Fundação Casa(antiga FEBEM)...para os imbecis que tratam estes lixos como vítimas sociais está aí a resposta...bandido bom é bandido morto,se tivesse matado esta escória antes não teria acontecido isso...
    Ps: Marielle vive...no INFERNO junto com o CAPIROTO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixe de falar idiotices vc deve ser puxa saco de Polícia pra tá apoiando os q mataram marielle pq tds sabem q foi os pm peso morto

      Excluir
  14. É o fim do mundo...busquem a Deus.

    ResponderExcluir
  15. Esses assassinos assistiram com certeza o filme Uma Vida com Propósito - Filme 2016, mas infelizmente copiaram a pior parte e não aprenderam nada do bem.

    ResponderExcluir
  16. Acho que eles fizeram isso porque cortaram o bolsa família deles, vocês não são contra o colégio militar, agora segura essa bando de vagabundos petralha

    ResponderExcluir
  17. IE, ISIS, al-qaeda,JIHADISTA, SALVE SALVE CHEGAMOS EM ITABUNA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q? Se for coisa ruim, vai se arrombar, dar meia hora pro jegue com relógio parado, ser for coisa boa, Deus te abençoe

      Excluir
    2. Matem bandido ou eles vão matar vocês, salve salve dmp e raio a

      Excluir
  18. Ouve outro atak em escola num Brasil anos atrás en sp TB e quem tava num comando era um pt.un adirador entrou num escola matou alunos e se martou e na época era pt bonsonario tem culpa nao

    ResponderExcluir
  19. A culpa pode não ser de Bolsonaro mais até agora eu não vir ele fala ainda do plano de governo dele pra saúde,educação emprego, habitação e juros bancários mais baratos, manda ele sair das redes sociais e governar o Brasil a campanha acabou Lula ta preso o presidente e ele, ele só fala tees asunassu pt, Lula e reforma da previdência já sao três meses sem fala nos outros citados

    ResponderExcluir
  20. Deus tenha misericórdia dessas família que perderam seus entes queridos,mas eu acho que esses jogos deveria ser proibido,pois muitos jovens hoje se expiram nosso,essses jogos chamado fryfray, Foyt nayt, é outros mais drverdeser banidos, para esses adolescentes e jovens, nosso governantes deveriam tomar alguma providência, agradeço desde já o blog

    ResponderExcluir
  21. O watsaWha paro pq tá rolando muita conversa franca e áudio pq quem mato os 2 foi polícias não foi eles q se mato não vai saber se os policiais não acerto alunos tmb

    ResponderExcluir
  22. Esses moleques ñ se mataram nem Bolsonaro levou a facada disso eu tenho certeza.o Brasil é disso pra pior.sem Deus nem tente...

    ResponderExcluir
  23. Ve assim os cara tava de mp40

    ResponderExcluir
  24. Ve assim os cara tava de mp40

    ResponderExcluir
  25. Petistas paranóicos e monte de lixo vão procurar o que fazer raça do satanás vcs só merecem desprezo!

    ResponderExcluir
  26. CULPA É DOS PAIS, HOJE EM DIA PAI E MÃE NAO OLHA COMPORTAMENTO DE FILHO, DEIXA A RUA CRIAR, NÃO OLHAMOCHILA ANTES E APÓS VIR DAS AULAS. QUANTAS VEZES APANHEI POR CHEGAR COM UMA CANETA QUE NÃO ERA MINHA NÃO IMPORTA SE GANHEI OU NÃO. HOJE EM DIA PODE IR COM DROGAS E ARMA PARA A ESCOLA QUE TUDO BEM " A CULPA É DOS VIDEOGAMES" OLHA O QUE NOSSA MÍDIA MIZERÁVEL ESTÁ POSTANDO PELO AMOR DE DEUS PESSOAL VÃO CUIDAR DE SEUS FILHOS

    ResponderExcluir